quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Gabriel, o pensador

"Eu vou prá longe
Onde não exista gravidade
Prá me livrar do peso
Da responsabilidade
De viver nesse planeta
Doente
E ter que achar
A cura da cabeça
E do coração da gente
Chega de loucura
Chega de tortura
Talvez aí no espaço
Eu ache alguma criatura
Inteligente
Aqui tem muita gente
Mas eu só encontro solidão
Ódio, mentira, ambição
Estrela por aí
É o que não faltaAstronauta!
A Terra é um planeta
Em extinção..."

Um comentário:

Dina disse...

Adoro Gabriel!
=)
Beijos!
E bom feriado!